Utentes e trabalhadores exigem explicação sobre estacionamento no Hospital do Barreiro

A União dos Sindicatos de Setúbal e a Comissão de Utentes da Saúde convocaram uma conferência de imprensa para o dia 13 de Novembro, pelas 11h00 junto às consultas externas do Hospital do Barreiro, uma vez que o Conselho de Administração não acedeu a reunir com os representantes das duas entidades

0
736
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A União dos Sindicatos de Setúbal e a Comissão de Utentes da Saúde convocaram uma conferência de imprensa para o dia 13 de Novembro, pelas 11h00 junto às consultas externas do Hospital do Barreiro, uma vez que o Conselho de Administração não acedeu a reunir com os representantes das duas entidades.

Segundo a USS, «as organizações dos trabalhadores e a Comissão de Utentes da Saúde têm insistido para reunir com o conselho de Administração do C.H. Barreiro Montijo, no sentido de esclarecer as consequências e encargos decorrentes das obras que estão a ser efectuadas no parque de estacionamento do Hospital de Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro.

O Conselho de Administração do CHBM, não deu qualquer garantia de que os trabalhadores e os utentes não irão ter encargos acrescidos com esta alteração, pelo contrário, prevê-se que os trabalhadores e utentes venham a pagar, o que entendemos ser um ramo de negócio que a presente administração está a querer efectuar.»

Para o USS «são vários os motivos que nos levam a protestar contra esta medida, em primeiro lugar lembramos que não existe opção de estacionamento nas áreas circundantes. Por outro lado, serão os utentes com mais necessidade de cuidados/tratamento (ou seja mais doentes) os que serão afectadas de forma mais onerosa, parecendo-nos inadmissível esta circunstância num Hospital Público, e consideramos uma forma dupla, senão tripla, de financiar o SNS.

A estes factos acresce o incumprimento do dever de a instituição assegurar condições de trabalho e segurança aos seus trabalhadores, desde logo o livre acesso ao local de trabalho.»

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome