Parceiros
Santiago do Cacém

Utentes, Autarcas, Sindicatos e Profissionais exigem melhores cuidados de saúde para o Litoral Alentejano

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano serve uma população de cerca de 100 mil habitantes, dos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira

Convocada pelo Movimento de Utentes dos Serviços Públicos realizou-se, dia 20 de julho, uma Concentração de Utentes frente ao Hospital do Litoral Alentejano (HLA), sede da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, com a participação de dezenas de utentes. A iniciativa, que se inseriu numa ação de cariz nacional, teve como objetivo reivindicar mais e melhores cuidados de saúde para as populações da região.

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém, representada pelo Vice-Presidente, Albano Pereira, e a Vereadora, Mónica Pires de Aguiar, marcou presença na concentração por partilhar das reivindicações apresentadas pelo Movimento de Utentes. A Autarquia tem manifestado a sua preocupação com a degradação dos cuidados médicos prestados na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, e questionou mesmo a Ministra da Saúde, Marta Temido, sobre quais as medidas de fundo que serão tomadas pelo Ministério que tutela ou que, eventualmente, possam estar em curso para resolver problemas que se arrastam desde a abertura do Hospital do Litoral Alentejano (HLA). As Juntas de Freguesia do Município de Santiago do Cacém também estiveram presentes neste protesto.


Durante esta ação foi a provada uma resolução exigindo ao Ministério da Saúde a:

– Reparação das Extensões de Saúde de Vila Nova de Santo André (Santiago do Cacém) e do Centro de Saúde de Alcácer do Sal, entre outros;

– Construção do Centro de Saúde de Santiago do Cacém, Extensão de Saúde de Vila Nova de Milfontes e de Saboia (Odemira);

– Realização de Consultas médicas e de enfermagem, nas diversas Extensões de Saúde, com um mínimo de 1 vez por semana;

– Reabertura das Extensões de Saúde de São Francisco da Serra (Santiago do Cacém) e Luzianes Gare (Odemira);

– Reabertura da “Urgência” do Centro de Saúde de Grândola, 24 horas;

– Contratação de Médicos, Enfermeiros, Assistentes Operacionais, Assistentes Técnicos, Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica, entre outros;

– Funcionamento do Serviço de Urgência Pediátrica do HLA, 24 Horas, com Médico da Especialidade;

– Colocação em atividade das consultas médicas de Pediatria no Hospital do Litoral Alentejano;

– Reabertura de camas nos diversos serviços do HLA;

– Reabertura da Unidade de Cuidados Continuados no HLA.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.