AlmadaAtualidadeDestaqueNacional

União de Freguesias ACPPC apoia IPSS com compra de carrinha e mobiliário

- publicidade -

A União de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Almada (URPICA) recebeu apoio da União de Freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas, face aos problemas financeiros que tem enfrentado.

Foram disponibilizados apoios financeiros no valor de 3500€ e 4000€ para a compra de uma carrinha e mobiliário condigno, respetivamente.

A União de Freguesias, em comunicado, afirma que a URPICA presta “um serviço essencial aos nossos idosos”.

Leia aqui:

A União de Freguesias tem acompanhado, dia a dia, de perto e no terreno, nomeadamente através de reuniões periódicas, as dificuldades e problemas com que se debatem as Associações e IPSS’s que operam no seu território.

A situação pandémica que no último ano afetou o país, foi particularmente gravosa para estas organizações, a quem é pedido um esforço acrescido, mas que veem os seus recursos financeiros diminuídos, seja pela perda de associados e utentes, seja pelo encerramento de unidades.

A URPICA, com Centros de Dia em Almada, Cova da Piedade e Laranjeiro, é uma das instituições que, prestando um serviço essencial aos nossos idosos, se debate neste momento com grandes dificuldades financeiras. Para colmatar algumas dessas dificuldades e permitir que a IPSS continue a prestar o apoio indispensável que presta, com qualidade e dignidade, a União de Freguesias de Almada, Cova da Piedade Pragal e Cacilhas, depois de reunir com a Direção da URPICA, deliberou no sentido de apoiar a instituição na compra de uma carrinha e mobiliário condigno, com a atribuição de um apoio financeiro de 3500 euros e 4000 euros respetivamente.

Estamos sempre ao lado das nossas instituições e da nossa população.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui