Quantcast Choice. Consent Manager Tag v2.0 (for TCF 2.0)
TV e Cinema

TVI defende-se de acusações de usar apoios do Estado para contratar Cristina Ferreira

- publicidade -

O líder do PSD, Rui Rio, serviu-se do seu Twitter para mostrar o seu desagrado pela contratação de Cristina Ferreira, numa altura que alguns media, entre os quais a TVI , recebeu apoio do Estado. “Percebe-se agora o apoio de 15 milhões de euros do Governo a este setor; realmente as despesas são muitas e a crise é grande”, afirmou Rui Rio.

O Grupo Media Capital, dono da TVI, emitiu ontem um comunicado a dizer que ainda não recebeu qualquer subsídio do Estado e que a verba quando chegar se destinará à “alocação de verbas para aquisição antecipada de espaço para difusão de publicidade”.

O comunicado explica que, “de acordo com Resolução do Conselho de Ministros, foi aprovada a alocação de verbas para aquisição antecipada de espaço para difusão de publicidade institucional, no âmbito da Pandemia COVID-19. No âmbito desta Resolução foram destinados a este fim 15 milhões de euros, dos quais 3,3 milhões corresponderiam aos meios do Grupo Media Capital, que, depois de descontado o IVA a entregar ao Estado, resultariam num pagamento antecipado de aproximadamente 2,7 milhões, de serviços a prestar pelos meios do Grupo”, informou a Media Capital.

Dos 2,7 milhões de euros “até à presente data, ainda a Media Capital não recebeu qualquer montante”, adianta.

“Foi sempre um mero adiantamento de fundos para pagamento de serviços a virem a ser prestados e nunca um qualquer subsídio à atividade ou um financiamento a fundo perdido ou sem contrapartida certa”, completa o grupo.

Além de ainda não ter recebido a verba, a Media Capital adianta que o Estado lhe deve 600 mil euros de “serviços que os diversos organismos do Estado lhe encomendam”. “Pelo que, o que seria um apoio à tesouraria da empresa, tem-se revelado como um constrangimento à tesouraria, dado que é a Media Capital que está a avançar com a prestação dos serviços sem o correspondente recebimento”, conclui.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui