País

Turista alemão de 30 anos morre afogado na praia do Castelejo no Algarve

publicidade

A tarde de ontem foi marcada pela tragédia na praia do Castelejo, no concelho de Vila do Bispo, no Algarve, dois homens de 30 anos foram retirados do mar inanimados e um deles acabou mesmo por falecer.

Conceição Duarte, Capitão do Porto de Lagos, declarou à à agência Lusa, que a vítima mortal é um homem de 30 anos, de nacionalidade alemã, que não resistiu à ação de salvamento de dois militares o programa Praia Segura, tripulante da viatura Amarok, do projeto “SeaWatch”, que o retiram inconsciente do mar e fizeram manobras de reanimação.

O incidente ocorreu com um grupo de seis alemães que foi arrastado para um agueiro, destes quatro saíram da água com o auxílio de banhistas e de surfistas, “enquanto duas outras foram retiradas inconscientes da água pelos militares”.

“Os dois homens, ambos com cerca de 30 anos, foram assistidos em terra, e, infelizmente, um veio a falecer, tendo o óbito sido declarado no local, enquanto o outro foi reanimado, estabilizado e transportado para o hospital”, informou o Capitão do Porto de Lagos à Lusa.

O acidente ocorreu numa praia sem vigilância, contudo no ano passado a praia do Castelejo tinha nadador-salvador.

A operação de salvamento envolveu meios da Autoridade Marítima Nacional, dos bombeiros, da Polícia Marítima, do projeto “Seawatch” e do Instituto Nacional de Emergência Médica, com vários veículos, uma embarcação da Estação Salva-Vidas de Sagres e um helicóptero.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui