JustiçaSeixal

Tribunal do Seixal aplicou prisão preventiva por assaltos com arma branca

- publicidade -

Um homem ficou em prisão preventiva após ter sido presente a primeiro interrogatório judicial, indiciado pela prática de três crimes de roubo agravado, um crime de roubo na forma tentada, um crime de detenção de arma proibida e um crime de tráfico.

Os factos remontam aos dias 27 de março e 3 de abril deste ano e na primeira ocasião, o arguido e outros dois suspeitas, na posse de uma faca, terão constrangido um funcionário e dois clientes de uma sucateira à entrega de dinheiro e de outros bens, entre os quais um telemóvel.

Em Abril, também mundo de uma faca, o arguido terá forçado um estafeta a entregar-lhe o motociclo e a pizza que transportava.

O homem foi detido pelas autoridades e nesse momento, o arguido tinha na sua posse cocaína, heroína e cannabis, destinados à venda a terceiros.

Realizado o interrogatório e em consonância com o promovido pelo Ministério Público, o juiz de Instrução Criminal decidiu aplicar ao arguido a medida de coação de prisão preventiva.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público do Seixal, do DIAP da Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da Polícia de Segurança Pública.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo