AlmadaAtualidadeBarreiroCrime

Tribunal de Almada aplicou penas de prisão suspensa a grupo de traficantes

- publicidade -

Um grupo de seis arguidos foi presente ao Juízo Central Criminal de Almada, pela prática de um crime de tráfico de estupefacientes e um arguido pela prática do crime de condução sem habilitação legal.

No acórdão proferido no dia 15 de outubro, apenas um dos arguidos foi condenado a uma pena efetiva de dois anos de prisão, três dos outros arguidos foram condenados a uma pena de prisão de um ano e seis meses, suspensa na sua execução e os dois restantes foram condenados a uma pena suspensa de um ano e dois meses de prisão.

O Tribunal deu como provado que os arguidos dedicavam-se à atividade criminosa de tráfico de estupefacientes pelo menos desde junho de 2018, em vários locais do Barreiro e Baixa da Banheira.

No dia 7 de julho de 2020 realizaram-se buscas domiciliárias que levaram à apreensão nas residências dos arguidos de mais de um quilograma de haxixe, 10 gramas de anfetaminas e 34 mil euros em dinheiro, bens que o tribunal declarou perdidos a favor do Estado.

Dois dos arguidos já tinham antecedentes criminais por crime de tráfico de menor gravidade.

A investigação foi dirigida pelo Ministério Público do Barreiro do DIAP da Comarca de Lisboa, coadjuvado pela PSP do Barreiro.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo