Atualidade

Trabalhadores da Segurança Social manifestam-se contra despedimento de 200 funcionários

Os trabalhadores da Segurança Social manifestam-se hoje, às 12h00, junto à sede do Instituto de Segurança Social, na avenida 5 de Outubro, em Lisboa.

Os funcionários estão contra o despedimento de 200 colaboradores contratadas por agências de trabalho temporário que não viram os contratos renovados.

Joaquim Ribeiro, do Sindicato do Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, exige a manutenção dos postos de trabalho porque são necessários em tempo de pandemia.

“Estão em vários departamentos dos serviços centrais, no centro nacional de pensões e nos centros distritais” e que executam funções como “a análise das condições para possível atribuição de pensão e introdução de elementos na base de cálculo”, “a receção dos pedidos de lay-off simplificado, a constituição dos processos e resposta às reclamações”, a par de outras tarefas administrativas, alerta à TSF Joaquim Ribeiro.

“O caos no Instituto de Segurança Social, se estes trabalhadores saírem, será ainda maior do que é atualmente”, adivinha.

O sindicato exige estes 200 trabalhadores não sejam dispensados e que fiquem com contratos termo por seis meses e que, no futuro, seja aberto concurso para ficarem nos quadros.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *