Trabalhadores da MTS vão ter aumento e passe grátis para filhos

Os trabalhadores da empresa Metro Transportes do Sul (MTS) vão receber um aumento de 1,5 por cento no subsídio de refeição, subsídio de transporte, prémio de condução, abono para falhas e um total de 20 euros no índice salarial para todos os trabalhadores.

0
641
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Os trabalhadores da empresa Metro Transportes do Sul (MTS) vão receber um aumento de 1,5 por cento no subsídio de refeição, subsídio de transporte, prémio de condução, abono para falhas e um total de 20 euros no índice salarial para todos os trabalhadores.

A informação é prestada pela FECTRANS que refere que na reunião que decorreu no dia 31 de Janeiro, entre o Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário, a Federação e a empresa, foram acordados os aumentos salariais para o ano de 2020.

Os valores serão reavaliados no final do primeiro semestre «tendo em conta que, no âmbito do novo passe intermodal, as contas serão fechadas no final de Março», refere a entidade sindical.

O acordo inclui o aumento dos direitos laborais dos trabalhadores e, nesse sentido, a MTS passa a conceder um passe gratuito para os filhos dos trabalhadores até à idade de 18 anos, podendo ser prolongado por comprovativo de matrícula da escola a sua condição de estudante depois desta idade.

Ficou ainda assumido pela administração da MTS que será apresentado em Abril uma proposta que resolva o processo de retribuição dos abonos variáveis (o trabalho extraordinário, trabalho nocturno, prémio de condução, abono para falhas e prémio de disponibilidade) que o sindicato entende dever ser pago pelo trabalho prestado por cada funcionário e não num contexto de média apurada por categoria profissional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome