Famosos

Toy vai ao médico por ser viciado em sexo

- publicidade -

No podcast “Sexo com Sentido”, de Beatriz Gosta, Tony revelou algumas intimidade: “A minha máxima de vida é que as três melhores coisas da vida são duas: sexo. Adoro mesmo. Gosto muito”, disse, em jeito de brincadeira, a determinada altura da conversa. “Sexo é sinónimo de prazer. Quem é que não gosta de ter prazer?”.

O cantor admitiu que levou tempo a distinguir sexo de amor: “Cheguei muitas vezes a fazer uma grande confusão. Era só prazer, às vezes. Hoje, amo muito e consigo juntar o sexo e o amor. E é fantástico. Descobri isso um bocadinho mais tarde”.

E confessou ser viciado em sexo: “Eu sempre fui sexualmente muito ativo. E isto não é nenhuma fanfarronice. Eu cheguei a ir ao médico”. “Eu casei-me a primeira vez com 17 anos… A pessoa com quem eu estava casado trabalhava e conversava com colegas. As mulheres conversam, não é? E ela chegava a casa e dizia: ‘Não é possível. Tens de ir ao médico’. E fui… E era uma coisa qualquer que tem a ver com vício. Devo ter tido um bocadinho disso, mas o médico respondeu que cada pessoa é uma pessoa e que as pessoas são como são”.

Toy revelou ainda tudo sobre a sua primeira vez: “Perdi a virgindade com 12 anos. Foi uma situação interessante. Eu toco viola e canto, e tenho um tio que era gerente de um banco, na altura. Tinha uns clientes e não sei quê… e diz-me ‘anda comigo, vamos cantar à Pousada de São Filipe. Traz a guitarra’. Então fomos”, começou por contar. “Estava tudo com os copos… e estava uma espanhola solteirona, para aí com 30 anos”

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo