TAP vai trazer 63 portugueses retidos no Peru

0
86
JE
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Portugal solicitou, segunda-feira, o apoio de financiamento da União Europeia para o repatriamento de cidadãos do Peru. Ao todo são 63 portugueses e 17 de outras nacionalidades, retidos no Peru, segundo um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) enviado à imprensa.

Este Mecanismo Europeu de Proteção Civil viabiliza um cofinanciamento de até 75% dos custos de transporte, para o repatriamento de cidadãos europeus.

A pandemia do covid-19 tem deixado retidos em países estrangeiros milhares de cidadãos com cancelamento de voos no âmbito das medidas de combate à propagação do coronavírus.

“Portugal enviou esta segunda-feira o seu segundo pedido de apoio ao Mecanismo Europeu de Proteção Civil para repatriamento de portugueses em países estrangeiros, neste caso do Peru”, avança a nota.

O documento detalha que “o voo será realizado por um avião da TAP com capacidade para transportar 298 passageiros. Segundo os dados disponíveis, serão repatriados cidadãos portugueses e de 17 outras nacionalidades”.

A nota reforça ainda que “relativamente a outro tipo de equipamentos, Portugal está a participar no processo comum de aquisição de máscaras, óculos, ventiladores e kits de teste através do referido Mecanismo Europeu de Proteção Civil”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome