Opinião

Tachos e festa é só para alguns

publicidade

Boa tarde caríssimos(as) leitores(as) desta vez escrevo-vos a partir do cais de Bitetos no Douro (concelho do Marco de Canaveses). Um local bastante aprazível que deverão visitar se tiverem oportunidade.

Hoje o artigo vai falar de tachos e de festas, mas é algo que é somente para alguns os restantes que fiquem na miséria ou com as consequências da doença que grassa pelo mundo. Como este artigo vai falar sobre casos de dois concelhos do nosso distrito, vou dividir o mesmo com subtítulos para facilitar a leitura.

MONTIJO – Até vais a andar de mota:

No concelho do Montijo o Sr presidente NUNO CANTA vai fazendo das suas, aproveitando a nova lei do financiamento das autarquias locais.

Pois agora as empresas pagam uma parte da derrama de imposto nos municípios onde têm instalações (por exemplo supermercados) e o restante vai para o estado central.

Ora o concelho do montijo está bastante bem servido de supermercados visto que quase todas as cadeias de distribuição têm lá pelo menos um supermercado, o que tudo indica gera um superavit no orçamento camarário.

O senhor presidente NUNO CANTA não se coíbe de decidir (com a ajuda da maioria PS) o que fazer com este dinheiro. Dinheiro que não é seu mas do contribuinte. Esquece-se de melhorar a rede de abastecimento público. O município do Montijo é conhecido pelas frequentes queixas da qualidade da água. Há até munícipes que até já colocam vídeos no Facebook com água castanha a sair das torneiras. A juntar a tudo isto a água é cobrada a valores considerados altos para o comum dos munícipes Acerca deste assunto já há um “meme” a circular com a frase: “A ÁGUA ESTÁ CARA? BEBAM MOSCATEL”.

É com esta postura como se nada se passasse, que vai fazendo o seu mandato. Isto para não falarmos do seguidismo político e quiçá um bocado provinciano em relação ao projecto do aeroporto na BA-6, algo que não lembra ao careca.

A última que me chegou ao conhecimento é a mais intolerável de todas. Então um presidente de câmara a um ano de eleições autárquicas, tem uma escola sem refeitório na freguesia de Pegões, o que leva os alunos a irem e virem de autocarro a outra escola (Pegões Cruzamento) para tomarem as refeições à pressa e assim darem o lugar aos outros meninos.

Este presidente que pelos vistos não tenta remediar a situação a pedido dos pais nem que seja com um contentor para servir de refeitório, é o mesmo presidente que agora vota favoravelmente um subsídio para um moto-clube no Montijo, a servir para compra de material para o refeitório do referido clube.

Esperem lá, os Montijenses aturam estas coisas??? É isto que acontece quando se entrega uma câmara a um deslumbrado que apesar de ser Eng. já demonstrou não ter grande capacidade de gestão de dinheiros públicos e pouca ou nenhuma sensibilidade para resolver os anseios da população. Algo comum em alguns elementos do PS. Porque será???

Sr presidente Nuno Canta. Em política o que parece também é.

SEIXAL – Festa e consequência:

O Seixal vai ter este ano mais uma festa do AVANTE é sempre assim todos os anos.

Lá vão os funcionários camarários “voluntariar-se” para trabalharem na festa.

Mas pior que isto é o facto de este ano em pleno problema COVID 19 não se ouvirem mais uma vez as populações. A reunião pública da CMS a 29 de Julho foi disso exemplo, com intervenções por parte da população a pedir o cancelamento da festa e a oposição a criticar e votar contra (PS) ou abster-se (BE) mas a isto tudo vem o presidente da CMS Joaquim Santos referir que se houver algum surto epidémico assumirá as responsabilidades. Sinceramente não sei quais.

Vai oferecer um ventilador a cada doente? Um caixão a cada falecido?

E que tal assumir as responsabilidades de defesa dos interesses da população ao invés dos do PCP??? Nem numa hora como esta temos alguém que coloque as pessoas do concelho do Seixal à frente de todos os outros interesses??? Será que teremos mesmo que mudar a cor partidária da CMS para haver finalmente atenção às reivindicações da população?

Senhor presidente reze muito a Deus (mesmo que seja ateu) para que tudo corra pelo melhor. Olhe que se calhar meteu a cabeça no cepo. E não há garantias que a possa tirar. Nós bem sabemos que o senhor é sempre muito solicito a responder positivamente aos ofícios que o PCP lhe envia.

Falo, claro, daquele que lhe foi enviado em Março já em plena pandemia. Claro que pode sempre considerar o referido ofício como um mero pró-forma uma vez que o recebe sempre todos os anos para a preparação da referida festa.

Também poderia ser mais solícito na redução dos IMI’s ou nas licenças de construção para casa própria. O senhor meteu-se numa situação da qual poderá vir a arrepender-se amargamente. O tempo dirá qual vai ser o resultado final.

Caríssimos(as) leitores(as) despeço-me com a profunda esperança de estar completamente enganado.  Mas acho que vêm aí tempos difíceis.

https://diariodistrito.pt/licencas-de-construcao-e-festa-do-avante-marcaram-discussao-no-seixal/

https://diariodistrito.pt/camara-do-seixal-apoia-festa-do-avante-no-meio-de-polemica/

Artigo escrito segundo a antiga grafia.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui