AtualidadeCrimeMoita

Suspeito de vários assaltos na Moita fica em prisão preventiva

O Ministério Público da Moita apresentou, na última sexta-feira, a primeiro interrogatório judicial um detido pela prática de três crimes de roubo, dois consumados e um na forma tentada.

Segundo informação do Ministério Público, os factos tiveram lugar nos dias 1 de outubro e 25 de novembro de 2021.

O arguido é suspeito de se ter dirigido a duas farmácias da Baixa da Banheira, nas quais retirou da caixa registadora dinheiro, e noutra este lhe foi entregue por uma funcionária a quem ameaçou com um objeto cortante. No total, conseguiu apropriar-se de 290 euros.

O arguido tentou também, num outro estabelecimento comercial da Baixa da Banheira e também com recurso ao que se supõe ser uma faca, constranger uma funcionária à entrega de dinheiro, mas não obteve sucesso.

Na sequência do interrogatório e em consonância com o promovido pelo Ministério Público, o juiz e Instrução Criminal decidiu sujeitar o arguido a prisão preventiva, por se considerarem verificados perigos para a ordem e tranquilidade publicas e de continuação da atividade criminosa, tanto mais que o suspeito tem antecedentes por crimes de roubo e furto qualificado.

 

 



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.