Parceiros
Mundo

Sucedânea da McDonald’s na Rússia sem batatas para servir a clientes

Após o encerramento das lojas da marca McDonald’s na Rússia, na sequência da invasão à Ucrânia, o governo russo avançou com a criação de uma empresa sucedânea com promessa dos mesmos (ou parecidos) produtos, e nas lojas outrora ocupadas pela empresa americana.

No entanto, e apesar da elevada procura após um mês da sua abertura, nem tudo tem sido fácil para este ‘novo’ projecto, denominado ‘Delicioso, ponto final’ (ou Vkusno & tochka em russo), isto porque se verifica uma falta de batatas.


E sem o típico acompanhamento de batatas-fritas, os clientes veem-se obrigados a procurar outras alternativas para consumir com os seus hambúrgueres e nuggets, uma vez que a empresa responsável só espera voltar a ter stock lá para o Outono.

Em declarações à Agência russa TASS, os responsáveis explicaram que a colheita de batatas em 2021 foi muito fraca, especialmente da variedade usada para as batatas-fritas, e tem sido impossível importar o produto, face às restrições impostas.

Já o ministro da Agricultura russo veio a público afirmar (e descansar) a população sobre qualquer falta de batata, através de uma declaração no Telegram, intitulada ‘Há batatas, ponto final’.

«O mercado russo está completamente abastecido de batatas, incluindo processadas, e em breve as novas colheitas estão a chegar, o que afasta qualquer possibilidade de escassez», referiu o ministro.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.