Economia

Subsídio de desemprego mínimo pode subir para 505 euros

publicidade

O Governo terá aceitado subir o subsídio de desemprego em 60 euros, para os 505 euros, para o montante escapar ao limiar da pobreza.

A notícia é avançada pelo Jornal de Negócios e Expresso que garantem que o Governo já vai incluir a medida no próximo Orçamento de Estado com o desemprego mínimo de 505 euros

A medida visa garantir que o subsídio de desemprego mínimo, agora bo valor de 439 euros, não fica abaixo do limiar da pobreza que é de 502 euros.

A esquerda parece não concordar, uma vez que deseja que a referência para o subsídio de desemprego mínimo seja o salário mínimo nacional e não o limiar da pobreza.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui