Parceiros
Atualidade

Sons de Marte “caminham” a duas velocidades diferentes

- publicidade -

As primeiras gravações de áudio de Marte confirmaram pela primeira vez que a velocidade do som é mais lenta em Marte, a 240 m/s, em comparação com os 340m/s na Terra.

A conclusão foi publicada num artigo da revista científica Nature, na última sexta-feira.


Os resultados eram previsíveis, já que, segundo o artigo, a atmosfera de Marte contém 95% de dióxido de carbono, o que faz com que o som seja abafado, na ordem de cerca de 20 decibéis em relação ao nosso planeta.


O principal autor do estudo publicado na Nature, Sylvestre Maurice referiu, contudo, uma grande surpresa ao medir o som do laser: 250 m/s.


“Entrei um pouco em pânico”, explicou o investigador, citado pela agência Lusa. “Disse a mim mesmo: uma das duas medições é falsa, porque na Terra, perto da superfície, o som só tem uma velocidade”.


Mas os resultados foram confirmados: os sons agudos do laser têm uma velocidade, os sons graves das pás do helicóptero têm outra.


“Os agudos perdem-se muito rapidamente, mesmo em curta distância”, explicou Maurice. Isso implica que “uma conversa entre duas pessoas seria difícil, mesmo a cinco metros de distância”.


“Na Terra, os sons de uma orquestra chegam até si ao mesmo tempo, sejam eles graves ou agudos. Em Marte, se estiver um pouco longe da cena (…) o intervalo pode ser fenomenal”.


O planeta Vénus e lua de Saturno Titã podem ser os próximos candidatos para investigações de som semelhantes.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário