Soflusa retoma greves por falta de entendimento com administração

Os trabalhadores da Soflusa vão realizar a greve prevista para dia 18 de Junho, depois de não terem chegado a entendimento com o Conselho de Administração que teve lugar hoje no Ministério do Ambiente.

0
467
Tempo de Leitura: 1 minuto

A reunião que decorreu esta manhã no Ministério do Ambiente com o Secretário de Estado foi “frustrante” segundo Alexandre Delgado, representante do Sindicato da Marinha Mercante, Indústrias e Energia (Sitemaq), que referiu ainda que a greve de dia 18 de Junho irá ser realizada.

O responsável sindical falava no final da reunião entre o secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade e o Conselho de Administração da empresa, referindo que estes “se refugiaram no que tinham de ter feito para parar a greve dos mestres, esquecendo-se que assim vão provocar mais greves, e que com isto deram um presente envenenado”.

Para os trabalhadores está em causa a “desregularização salarial” com Alexandre Delgado a considerar que “partiram de premissas erradas e não pode haver negociação desta forma”.

O Conselho de Administração da SSTL ficou de marcar mais reuniões com os sindicatos “ainda durante esta semana ou no início da próxima, mas iremos manter a greve marcada para 18 de Junho, que em principio será de duas horas por turno, mas poderá aumentar”, explicou o sindicalista.

Da parte da Fectrans, “foram procuradas soluções, que sem resolverem tudo, fossem um primeiro passo, mas tendo em conta que os trabalhadores têm razão para lutar”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome