Parceiros
País

SOCIEDADE – Observatório de Mulheres Assassinadas destaca atividade

- publicidade -

Têm sido várias as iniciativas adotadas no combate à violência contra as mulheres. O financiamento público destinado ao combate e à prevenção deste tipo de crime ascende a 25 milhões de euros em 2018.

A violência contra as mulheres é um crime que envergonha o país, não obstante os esforços que os sucessivos Governos e a sociedade civil têm dedicado à prevenção e combate a esta forma violenta de discriminação contra as mulheres.

Foi no âmbito destes esforços que arrancou a Equipa de Análise Retrospetiva de Homicídio em Violência, assim como se verificaram melhoramentos na Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica. O apoio e atenção dada a estruturas de acolhimento e proteção de mulheres e crianças até à sua autonomização é outro dos investimentos.

Outro dos objetivos é que todas as esquadras da PSP e postos da GNR tenham salas de atendimento às vítimas. Cerca de 60% das instalações já estão dotadas com estes espaços e todas as que estão em construção ou em remodelação têm prevista essa valência.

Em julho e agosto foram distribuídos, nas caixas de correio por todo o país, folhetos com informação, recursos e um apelo à apresentação de queixas ou denúncias, numa parceria entre a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, a Associação de Direitos Humanos AKTO e os CTT.

O Governo tem-se mostrado, assim, empenhado em mudar o paradigma da violência contra as mulheres, assumido como prioridade na Estratégia Portugal + Igual 2018-2030, através do novo plano de ação nesta área, que assenta numa articulação estreita entre todos os setores da Administração Pública e a sociedade civil.


SONDAGEM: Qual o seu sentido de voto nas próximas eleições legislativas a realizar no dia 30 de janeiro.
Carregue neste link para votar e partilhe
https://t.me/diariodistrito/1253

Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva no canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que fazemos no seu distrito


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *