Editorial

SNS demite-se dos seus doentes!

publicidade

Ora é o Hospital Garcia de Orta, em Almada, a fechar portas das urgências da Pediatria, e antes a encaminhar as grávidas para Lisboa, ora é o Centro Hospitalar de Setúbal a rebentar pelas costuras e com enfermeiros a discutir uns com outros para medir o barómetro de quem trabalha mais.

Depois temos um outro problema, os bombeiros a ficarem sem macas, pois os seus equipamentos ficam retidos nos corredores dos hospitais, com os doentes que esperam e desesperam por lugares nas camas.

As notícias mais recentes sobre a saúde em Portugal foram a alteração no parque de estacionamento do CHS a ser pago, fazendo com que médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares apresentem petições contra os pagamentos, pois esses vão ter de pagar um cartão que vai entre 12 e 15 euros mês e os diretores e administradores ficam isentos de pagamento.

É o que se pode dizer, o SNS está um caos e demitiu-se dos seus doentes.

Temos outro caso, constrói-se uma Unidade de Saúde Familiar, mas não temos pessoal nem equipamentos, o mesmo abre já no dia 25 de novembro mas só poderá ser inaugurado com algum equipamento no próximo mês de dezembro.

É caso para se dizer, onde anda a nossa ministra da saúde?

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui