Sindicatos médicos vão reunir com Grupos Parlamentares

DR
publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

No próximo dia 8 de janeiro, quarta-feira, a Federação Nacional dos Médicos (FNAM) e o Sindicato Independente dos Médicos (SIM), nas pessoas do presidente, Noel Carrilho, e secretário-geral, Jorge Roque da Cunha, respetivamente, iniciarão uma série de reuniões com os grupos parlamentares.

Estas audiências têm como objetivo discutir várias matérias que preocupam os médicos e apelar a um maior investimento no Serviço Nacional de Saúde (SNS), de forma a que Portugal se aproxime dos níveis dos países da União Europeia e garantir os cuidados de saúde de qualidade aos portugueses, com a diminuição dos utentes sem médico e diminuição das listas de espera.

Os sindicatos pretendem também dar conhecer a falta de valorização dos médicos e apelar à criação de condições para atrair e reter os médicos no SNS, bem como a necessidade de implementação de condições de trabalho para os profissionais de saúde que permitam o exercício da sua profissão com segurança.

Os sindicatos médicos pedem ainda aos grupos parlamentares que ajudem a sensibilizar o Governo a iniciar um processo negocial com os médicos, para salvar o SNS.

As reuniões de dia 8 de janeiro vão decorrer com os Grupos Parlamentares do PSD; PCP e BE e no dia 15 de janeiro, os sindicatos médicos reunirão com os Grupos Parlamentares do PS, CDS e PAN, e aguardam o agendamento da reunião com a Comissão Parlamentar da Saúde.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome