DesportoSetúbal

Sindicato dos Jogadores acciona ‘Fundo de Garantia Salarial’ para o plantel do Vitória de Setúbal

publicidade

Os jogadores do Vitória de Setúbal vão recorrer ao fundo de garantia salarial do Sindicato, após uma reunião que foi mantida entre ambas as partes, e a decisão foi comunicada pelo Sindicato dos Jogadores após reunião com o plantel sadino.

O Fundo de Garantia Salarial foi assim activado para fazer face às necessidades mais urgentes, e a revelação foi feita depois da reunião que o Sindicato teve com os capitães de equipa, demais plantel e equipa técnica, que não receberam nenhum vencimento desde o início da época, altura em que a situação se agravou, após a descida do clube da I Liga ao Campeonato de Portugal.

«Não tendo havido até à data qualquer novidade sobre a regularização salarial prometida e perante esta situação limite, os jogadores, com três meses de salários em atraso, viram-se obrigados a recorrer ao Fundo de Garantia Salarial para fazer face às necessidades mais urgentes» explica a nota enviada à Lusa.

Na nota é também referida a «ausência de uma resposta concreta do presidente da direção» que levou à decisão «após esta reunião, que o plantel vai assegurar o plano de treinos da presente semana, realizar o jogo da próxima segunda-feira (diante do Pinhalnovense) e aguardar uma resposta concreta do presidente da direção relativamente ao cumprimento das obrigações salariais, até final da presente semana».

Caso a situação se mantenha inalterável, o comunicado do Sindicato dos Jogadores refere que novas medidas serão tomadas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui