SIM lança a responsáveis da saúde um ‘Porqué no te callas?’

SIM critica os responsáveis de saúde sobre posicionamentos relacionados com o aumento de casos de covid19 na região de Lisboa e Vale do Tejo

publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

O Sindicato Independente dos Médicos criticou os posicionamentos e declarações do porta-voz do Conselho Nacional de Saúde Pública, Jorge Torgal, médico e especialista em Saúde Pública, e de Mário Durval, delegado de Saúde Regional de LVT, acerca da situação relativa à covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

«Enquanto tardam as medidas concretas da Comissão para o combate à CODIV-19 em LVT, dois dos principais responsáveis pelo descalabro quase em simultâneo resolvem ontem mostrar que existem, quiçá frustrados por terem sido arredados da decisão das reuniões (e passarem a receber ordens dos assessores de comunicação do governo) e do galarim mediático» refere a nota do SIM.

A critica incide nas declarações de Jorge Torgal numa entrevista à Rádio Observador, na qual terá caracterizado o aumento de infeções da região de Lisboa e Vale do Tejo «como uma situação ‘vulgar e banal’, e considerar o número de casos em Lisboa como um ‘empolamento mediático’ pois ter 300 a 400 casos por dia – num universo de milhão e meio de habitantes – ‘não é relevante’».

Já as declarações de Mário Durval, que referiu à RTP1 que «o número de casos não tem aumentado naquela região» merece do SIM um «Porqué no te callas?», considerando que este «não se envergonha de tudo ter feito para esconder a realidade, desorganizar em vez de organizar, primando pela subserviência».

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome