Nacional

SIM denuncia falta de vacinas no norte do país

- publicidade -

O Sindicato Independente dos Médicos denuncia na sua página que «em pleno período de vacinação contra a gripe, a ARS Norte não tem vacinas para distribuir às Unidades de Saúde Familiar e restantes unidades de Cuidados de Saúde Primários, que estão assim impedidas de vacinar os utentes que as procuram».

Segundo o SIM as expectativas dos utentes está a ser «defraudada por motivos que são alheios às unidades de saúde e aos seus profissionais, embora sejam estes a ter de receber as legítimas reclamações dos utentes pela falta de vacinas».

O sindicato considera ainda «lamentável a forma como toda a situação tem sido gerida pelos vários responsáveis da ARS Norte, quer pela ausência de respostas quer pelo incumprimento dos prazos quando essas respostas existem».

O anúncio surge no mesmo dia em que a Associação Nacional de Farmácias (ANF) faz saber que foi pedido um número recorde de vacinas contra a gripe para a época de vacinação contra a gripe que arrancou no dia 14, com dois milhões de vacinas disponíveis, 1,4 milhões para serem dadas gratuitamente a grupos de risco no SNS e cerca de 600 mil para venda em farmácias.

Este ano, pela primeira vez, as vacinas são tetravalentes, protegendo contra quatro tipos de vírus, quando até aqui protegiam para um máximo de três.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo