Parceiros
EconomiaSetúbal

Setúbal poderá receber unidade de conversão de lítio da Galp e Northvolt

- publicidade -

A Galp e a Northvolt anunciaram a escolha de Setúbal para a construção de uma unidade para a conversão de lítio, «que pretende ser a rampa de lançamento para o desenvolvimento de uma cadeia de valor integrada de baterias de lítio na Europa».

O comunicado foi divulgado esta quarta-feira, e neste as duas empresas estimam um investimento de cerca de 700 milhões de euros neste projeto e a criação de «aproximadamente 200 postos de trabalho diretos e três mil indiretos», no entanto, sublinham que «não existe ainda uma decisão final de investimento» assinalando que as operações no parque industrial Sapec Bay deverão iniciar-se «até ao final de 2025».

A fábrica será «uma das maiores e mais sustentáveis da Europa», e deverá ter capacidade para uma produção inicial entre 28 mil e 35 mil toneladas de hidróxido de lítio, um material fundamental para a indústria de fabrico de baterias ião-lítio.

Ainda segundo as empresas, a escolha da localização no Parque Industrial da Sapec Bay, deveu-se ao preenchimento de «todos os requisitos estabelecidos.

«Local selecionado, no Parque Industrial Sapec Bay, tem acesso a infraestruturas, caminhos-de-ferro, instalações portuárias e a localização ideal para obter reagentes e reutilizar subprodutos» e apontam o início das operações «deverá ocorrer até ao final de 2025 e o início das operações comerciais está previsto para 2026.»

O presidente executivo (CEO) da Galp, Andy Brown, citado no comunicado, acredita que «este é o tipo de projeto que Portugal e a Europa devem desenvolver para o crescimento económico e para a construção de um futuro energético sustentável», e o cofundador e responsável de operações da Northvolt, Paolo Ferruti, é citado a defender que «a unidade em Setúbal é um marco para a Europa no caminho para a construção de um ecossistema completo de baterias no continente e demonstra uma abordagem sustentável ao processo de conversão de lítio».

Também citado no comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins, frisa que «Setúbal merece este investimento. A Câmara Municipal de Setúbal e as juntas de freguesia têm investido na qualificação deste território. Todos reconhecem esta realidade que é o resultado de uma grande vontade de fazer mais Setúbal.»

As duas empresas anunciaram em dezembro de 2021 a criação da joint venture Aurora, detida a 50%-50% entre a Galp e a Northvolt, para desenvolver até 2026 (fase comercial) a refinaria de lítio em Portugal, mas ainda não foi tomada uma decisão final de investmento.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário