O PAN pediu uma audição urgente no Parlamento do ministro do Ambiente e do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) por causa do projeto de dragagem do rio Sado, que tem sido contestado pela população.

O PSD e o BE também já pediram a audição do ministro do Ambiente e do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, com o BE a solicitar ainda esclarecimentos à Ministra do Mar e ao presidente da APA.

Num comunicado publicado hoje, o PAN (Pessoas-Animais-Natureza) refere que «a administração do Porto de Setúbal pretende efetuar dragagens no leito do Estuário da Sado para garantir a entrada de embarcações de grande porte e que tal projeto coloca em causa o sistema natural e a fauna local», embora o mesmo tenha «merecido parecer positivo da Agência Portuguesa do Ambiente».

Nesse sentido, o PAN pretende que sejam prestados esclarecimentos por «uma conduta governativa que parece estar a privilegiar ganhos monetários de curto prazo às custas da sustentabilidade ambiental de longo prazo», estando em causa o ‘agravamento’ da situação dos golfinhos do Estuário do Sado, e que pode colocar em causa «o sistema natural e a fauna local, nomeadamente os golfinhos», alertando ainda para o facto do parecer positivo da APA se prender com vantagens económicas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here