Parceiros
Setúbal

Setúbal | Forças de segurança asseguram serviço apesar de falta de meios em situações extraordinárias

O Conselho Municipal de Segurança, realizado esta sexta-feira, veio reforçar as declarações já exercidas pela Câmara Municipal de Setúbal, quanto à falta de meios e de prevenção, para com situações extraordinárias, que requerem um esforço adicional neste setor, tal como a declaração do último estado de emergência, decretado pelo governo devido aos elevados riscos de Incêndios.

Segundo consta no comunicado, enviado pela autarquia, a PSP, GNR e Polícia Marítima, apesar da falta de meios e pessoal na atuação nestas situações, garantem que a “segurança das populações está assegurada” e será cumprida com esforço.


Para o presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins, a reunião resultou no “esclarecimento de todos relativamente às preocupações” das forças de segurança, acrescentando que, “ficou mais esclarecido sobre as dificuldades existentes quanto aos meios”, neste caso, em situações de anormalidade, mas, “devido ás alterações climáticas, estas são cada vez mais normais” finaliza o autarca.

Na mesma reunião ainda foram sublinhadas as queixas dos cidadãos da Freguesia do Sado e de Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra, que expõe um falta de meios, por parte da GNR, na prestação de socorro e auxílio durante as 24 horas do dia.

Ambas as juntas de freguesia, em concordância com as queixas apresentadas, defendem a criação de um posto da Guarda Nacional Republicana, que abranja ambos os territórios.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carreguem em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.