Setúbal
Em Destaque

Setúbal | Cidadãos demonstram “vergonha e lamento” frente aos representantes da TML

Um conjunto de cidadãos do município de Setúbal decidiram utilizar o poder da palavra para demonstrar um sentimento de “vergonha e lamento” perante o serviço de transportes públicos, que se tem mantido irregular desde a estreia em Junho, frente aos representantes da TML, que estiveram presentes na Assembleia Municipal Extraordinária de dia 11 de novembro.

Com todas as intervenções, disponíveis ao público, preenchidas o movimento dos cidadãos fez-se notar por uma onda de descontentamento e de duras críticas, face aquele que tem sido o “cenário caótico e desastroso” dos transportes públicos da cidade, este que é garantido pela empresa concessora do Lote 4, Alsa Todi.

“Obrigado pela oportunidade de nos permitirem exprimir, mas é lamentável não existir um representante da Alsa Todi aqui, para ouvir as nossas queixas”, disse um munícipe com amargura nas palavras. A esta declaração o presidente da Assembleia Municipal, Manuel Pisco, respondeu que “convocaram quem podiam legalmente”.

Carlos Humberto, 1º Secretário da AML, disse, após as intervenções do público, que o serviço “tem vindo melhorar” segundo os dados e a perspetiva da AML. Esta afirmação causou alguma agitação no público e originou um conjunto de comentários negativos que interromperam o momento de fala do Secretário.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

comentário

  1. a verdade e que estes senhores estoa numa cadeira e nao veem autocarros nem linhas a serem feitas talvez se levantassem uma investigaçao interna na alsa todi iam ver a razoa disto tudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *