Tudo aconteceu quando o graduado da PSP que estava de folga abordou um homem, por este estar a urinar na via pública. Depois de se identificar como polícia as agressões deram-se deixando o chefe da PSP brutalmente espancado.

A agressão ocorreu perto das 19h50 da passada quinta-feira, em Setúbal, quando um graduado da PSP daquela cidade se encontrava de folga abordou um indivíduo, por este estar a urinar na via pública. Chamado à atenção o homem não gostou da “repreensão” e o chefe da PSP que estaria à civil identificou-se com a carteira profissional, pedido que o homem se identifica-se.

As agressões começaram em poucos segundo, quando um amigo do homem abordado pelo PSP tentou impedir que o graduado revistasse o transgressor, ameaçando o agente e efetuando vários murros no peito da vítima, sendo agredido por fim com uma garrafa na cabeça

Os dois agressores conseguiram fugir do local num Ford Mondeo, o chefe da PSP foi ajudado no local e assistido no Hospital de Setúbal.

A PSP abriu um processo de investigação para identificar os autores das agressões que deixaram o graduado em mau estado físico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here