Sesimbra

Sesimbra inaugura vinha municipal de Sampaio

- publicidade -

O Dia Nacional do Vinho, 4 de julho, foi assinalado em Sesimbra com a inauguração da Vinha de Sampaio, uma plantação que reúne 3 mil videiras das espécies mais emblemáticas do município – Moscatel Graúdo, Fernão Pires, Castelão, Arinto e a única e muito apreciada Santa Isabel, uva apenas conhecida no concelho de Sesimbra, e cujo cultivo está quase extinto.

Esta casta foi registada pela Câmara Municipal em novembro de 2020, com a marca Uva Santa Isabel Sesimbra – Variedade Tradicional da Região de Sesimbra.

A Vinha situa-se no Parque da Ruralidade de Sampaio, que junta no mesmo espaço as Hortas de Sampaio, a funcionar desde 2018, e um olival propriedade do município.

O momento contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, Francisco Jesus, do vereador do Pelouro do Ambiente, José Polido, um dos grandes impulsionadores deste projeto, do vereador das Obras Municipais, Sérgio Marcelino, da presidente da Junta de Freguesia do Castelo, Maria Manuel Gomes, de representantes dos órgãos autárquicos, do atual Delegado Regional da Península de Setúbal da Direção-Geral de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, João Faria, do presidente da Comissão Vitivinícola da Península de Setúbal, Henrique Soares, e do presidente da Associação de Vitivinicultura de Palmela, João Palhoça.

Registou-se ainda a presença de Manuel Meireles, anterior Delegado Regional de Setúbal da Direção-Geral de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, que cessou funções. Manuel Meireles tem uma ligação de várias décadas ao concelho de Sesimbra, onde desenvolveu e apoiou vários projetos ligados à ruralidade. Tem acompanhado e apoiado o trabalho da autarquia neste campo e foi um dos impulsionadores desde e de outros projetos semelhantes.

A preparação do terreno incluiu a limpeza da ribeira que passa junto ao local, com plantação de espécies autóctones, o que contribuirá para valorizar a biodiversidade do local, e a recuperação uma pequena casa de apoio que existia no terreno.

Para além da preservação e estudo das espécies, a vinha vai estar aberta a visitas guiadas e ações de formação e divulgação, onde serão dadas a conhecer todas as curiosidades sobre a vinha e a sua ligação ao concelho.

Fonte: Câmara Municipal de Sesimbra


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo