Parceiros
AtualidadeSesimbra

Sesimbra | ‘É um forte abalo para todos’ lamenta autarquia sobre deslocalização do Super Bock Super Rock

A Câmara Municipal de Sesimbra lamenta a decisão que levou à deslocalização do Festival Super Bock Super Rock para o Altice Arena, devido à situação de contingência decretada pelo Governo, «que impede a realização de eventos em zonas de floresta por risco elevado de incêndio».

Em alternativa, a organização do evento, ‘Música no Coração’ optou por deslocar grande parte do evento para o Alice Arena, em Lisboa.


«Apesar de todas as propostas de reforço de segurança apresentadas pela organização, e de várias horas de reuniões e contactos entre a Câmara Municipal, a promotora Música no Coração, forças de segurança, Autoridade Nacional de Proteção Civil e Governo, os pareceres negativos da Autoridade Nacional de Proteção Civil e GNR foram decisivos e inviabilizam o evento» refere nota da autarquia.

«A Câmara Municipal de Sesimbra lamenta este desfecho, que deita por terra o trabalho de muitos meses, desenvolvido por uma imensa equipa que tem estado no terreno a dar o seu melhor para reerguer aquele que é um dos maiores festivais de Portugal.

Para além disso, este impedimento afasta do concelho de Sesimbra um evento com a dimensão e visibilidade do SBSR, o que tem, naturalmente, impacto negativo para a promoção do território e do turismo.»

O município recorda ainda que «o Super Bock Super Rock não se pôde realizar durante os dois anos de pandemia e passou por tempos muito difíceis, tal como a maioria dos eventos culturais e dos trabalhadores deste setor, que foram muito castigados nessa altura.

Quando o festival se preparava para regressar em força este ano, para uma edição que prometia ficar na história, surge este impedimento, novamente por razões inesperadas, quando o recinto estava praticamente pronto, e a poucos dias do início.

É, sem dúvida, um forte abalo para todos os envolvidos, difícil de gerir e ultrapassar.»

Apesar deste ‘golpe’, a autarquia está confiante que «com a capacidade demonstrada pela organização, não temos dúvida que a equipa conseguirá criar uma alternativa de grande qualidade no Altice Arena, que lhe permita minimizar as perdas.

Por parte da Câmara Municipal de Sesimbra, fica a garantia da disponibilidade total para continuar a colaborar com o festival, como tem feito até aqui, na esperança que em 2023 o Super Bock Super Rock volte ao seu ambiente natural, o Meco, sem limitações.»


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.