Sesimbra

Sesimbra continua a expandir o projeto Horta Solidária

Sesimbra é peixe, mas não só! A parte campestre é bastante importante e nos últimos anos o município tem apostado na volta às origens

A freguesia do Castelo é conhecida como “campo” e é neste espaço geográfico que a Câmara Municipal de Sesimbra está a apostar em desenvolver este projeto de valorização ambiental e apoio social. As hortas, algo muito comum em outros tempos, estão novamente na moda.

Espalhadas um pouco por todo o concelho, estas hortas solidárias disponibilizam aos sesimbrenses talhões de terra onde vão poder praticar agricultura biológica. Em Sampaio, perto do ribeiro que leva às duas escolas, uma grande vastidão de terreno foi reconvertida para acolher duas hortas, um olival (ainda em fase pouco avançada) e uma vinha. Nesta podem ser encontradas as castas Moscatel Graúdo, Fernão Pires, Castelão, Arinto e Santa Isabel. Estas são castas típicas da freguesia do Castelo.


Depois da primeira, onde mais de vinte e cinco pessoas trabalham (mesmo com alguma falta de água) a terra há alguns anos, uma segunda horta está a nascer mesmo ao lado. Com o mesmo tipo da primeira, esta nova horta vai disponibilizar mais um conjunto de talhões para agricultura tradicional de base biológica. Neste momento ainda estão a ser feitas obras. Os trabalhadores da autarquia estão a nivelar o terreno, instalar a vedação, delimitar os talhões e a construir os espaços de apoio aos hortelãos. Após as obras, os interessados poderão se inscrever para obter um pedaço de terra.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.