EconomiaNacional

Segurança Social já pagou 992 milhões de euros em apoios excepcionais

- publicidade -

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, anunciou na Comissão Parlamentar de Trabalho e Segurança Social, na Assembleia da República, que teve lugar esta quarta-feira, que já foram pagos, até agora, 992 milhões de euros em apoios excecionais de resposta à covid-19.

Este valor abrange atualmente 1,3 milhões de pessoas e 149 mil empresas.

Durante uma audição na comissão parlamentar de Trabalho e Segurança Social – onde fez um balanço das medidas excecionais de resposta à pandemia de covid-19 nestes últimos três meses, Ana Mendes Godinho referiu também que o complemento de estabilização, que vai ser pago este mês aos trabalhadores que estão em ‘lay-off’ e que, por essa razão, tiveram perda de rendimento, vai chegar a cerca de 470 mil pessoas.

Este apoio, segundo a ministra, será pago no final de julho e é dirigido a quem tem um salário base entre os 635 euros e 1.270 euros e destina-se não só a pessoas abrangidas pelo ‘lay-off’ simplificado como também pelo ‘lay-off’ do Código do Trabalho.

Ana Mendes Godinho disse ainda que este complemento de estabilização varia entre 100 euros e 351 euros e que o objetivo é apoiar a manutenção do emprego e garantir apoio social às pessoas mais vulneráveis.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui