AlmadaJustiça

SEGURANÇA – PSP efectua buscas no âmbito da operação ‘Ferrocianeto’

O roubo de 57 armas Glock da Direcção Nacional da PSP em Janeiro de 2017 está a levar hoje aquela força a realizar uma acção de busca, sob a denominação ‘Ferrocianeto’ em todo o país, incluindo no concelho de Almada.

Neste momento já foram detidos quatro suspeitos, sendo que dois deles são agentes da PSP, que na altura eram responsáveis pelo arneiro da Direção Nacional. O principal suspeito, segundo a SIC Notícias, é Luís Gaiba, um agente que terá tirado «uma a uma estas armas dos estojos da PSP».

Há um terceiro detido, que não tem qualquer ligação à PSP, mas que seria um dos homens responsáveis pelo escoamento das armas para o mercado do tráfico de armamento, que terá ligações a um dos detidos esta segunda-feira no âmbito do caso do roubo das armas em Tancos.

Em comunicado, a PSP informa que, nesta operação que teve início às 6h00, decorrem no total 14 buscas domiciliárias e quatro buscas não domiciliárias, e abrange os concelhos de Vila Nova de Gaia, Gondomar, Mafra, Abrantes, Alvaiázere, Sintra, Cascais, Oeiras, Lisboa, Almada e Albufeira.

Numa semana, ficam esclarecidos os dois casos: segunda-feira, pela PJ, com oito detenções relacionadas com o furto de Tancos; e hoje, pela PSP, três detenções pelo desvio das armas da Polícia.



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.