Montijo

Sardinha que ‘deu à costa’ no Montijo removida pelos serviços municipais

- publicidade -

Os serviços de limpeza da Câmara Municipal do Montijo procederam à limpeza da zona ribeirinha onde na passada segunda-feira, dia que se celebrava precisamente o padroeiro S. Pedro, surgiram vários quilos de sardinha.

A explicação foi dada ao Diário do Distrito pelo presidente da autarquia, Nuno Canta, que frisou tratar-se “de uma deposição ilegal de peixe no local, não sabemos se por maldade ou para aproveitamento político de alguns que se apressaram a vir a público afirmar que esta era uma prova da falta de tratamento das águas residuais no Montijo.

Ora só quem não conhece nada de biologia pode afirmar que a sardinha é um peixe de rio, quando estas apenas se encontram a 100/150 metros de profundidade na plataforma atlântica.

Mas houve interesses em passar uma imagem falaciosa de que os rios no Montijo estão poluídos por pessoas que estão dispostas a tudo.”

O edil reforçou ainda que “nunca tivemos um caso de morte massiva de peixes e por isso foi também uma surpresa para os serviços camarários quando deparámos com a denúncia desta deposição ilegal”.

Perante o ocorrido “foram informadas as autoridades e os serviços municipais procederam à limpeza da zona”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui