Atualidadecoronavírus

Santuário de Fátima com novos horários nas celebrações de Ano Novo

- publicidade -

O Santuário de Fátima ajustou «o horário das celebrações de ano novo, respeitando as restrições decretadas pelo Governo para os próximos dias por causa da pandemia, e vai transmitir a maioria das celebrações pelos meios digitais», refere a Agência Ecclesia.

O santuário mariano informou hoje que a Missa de ação de graças pelo ano 2022, com o canto do hino ‘Te Deum’, começa às 18h30, desta quinta-feira, dia 31 de dezembro, na Basílica da Santíssima Trindade.

No dia seguinte, 1 de janeiro de 2021, quando a Igreja Católica celebra a Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus e Dia Mundial da Paz, a Eucaristia começa pelas 11h00, também na Basílica da Santíssima Trindade, conta com interpretação em Língua Gestual Portuguesa e vai ser transmitida online.

No primeiro sábado do novo mês, o Santuário de Fátima informa que se mantém o programa habitual «mas sem a presença de peregrinos e com a transmissão nos meios de comunicação social e digital da hora de reparação», às 14h00, seguida da catequese com Exposição do Santíssimo Sacramento, a partir da Basílica de Nossa Senhora do Rosário.

Ainda no dia 2 de janeiro, estão previstas três Eucaristias – 07h30, 09h00 – na Basílica da Santíssima Trindade, e às 11h00, esta transmitida online.

No seu site o Santuário de Fátima informa também o horário das Missas dominicais, de 3 de janeiro, que a bênção dos veículos está suspensa, neste fim de semana, e nestes primeiros dias de 2021 mantém-se a oração do terço, na Capelinha das Aparições, às 18h30 e 21h30, sem a participação de peregrinos, e com transmissão pelos meios de comunicação social e digital.

O Santuário de Fátima lembra ainda «que o ofertório deste tempo festivo destina-se à Diocese moçambicana de Pemba e para os deslocados de Cabo Delgado, onde existe uma grave crise humanitária».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui