Parceiros
Atualidade

Rússia anuncia abertura de corredores humanitários. Ucrânia diz que proposta é ‘completamente imoral’

- publicidade -


A Ucrânia definiu a proposta russa de retirar a população civil através de corredores humanitários para a Bielorrússia e para a Rússia como “completamente imoral”, segundo disse à agência Reuters.


As declarações terão sido de um porta-voz do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, que reforçou a acusação de que a Rússia impediu deliberadamente as anteriores tentativas de retirada dos cidadãos.


“Esta história é completamente imoral. O sofrimento das pessoas está a ser usado para criar a imagem televisiva desejada”, disse o porta-voz. “São cidadãos da Ucrânia, devem ter o direito de serem transferidos para territórios da Ucrânia”.


Já Oleksiy Arestovich, conselheiro do chefe de gabinete do Presidente ucraniano, afirmou que os cidadãos do país deviam poder decidir para onde ir, mas desaconselhou a deslocação para a Rússia.


O Ministério da Defesa russo anunciou esta segunda-feira a criação de corredores humanitários, depois da conversa que o presidente russo, Vladimir Putin, teve este domingo com o seu homólogo francês, Emmanuel Macron.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário