Parceiros
Famosos

Rui arrasa TVI: “não tem consideração por mim”: ‘não tinha contrato’, “nem ganhava uma fortuna”

- publicidade -

Rui Oliveira bateu com a porta à TVI em direto, mas garante, em entrevista à ‘TV Mais’, que “Não se passou absolutamente nada. Ninguém me mandou embora. Eu não estava satisfeito e achei que devia sair”. Garantindo que: “Há várias semanas que sentia que o que fazia não me acrescentava nada”.

“A minha participação no programa era a extensão da cozinha da nossa casa. Mas isso também já faço nas redes sociais com o Manuel Luís. Fiz um balanço e pensei: ‘O que é que pretendo com isto?’ Não sou um deslumbrado para aparecer na TV, mas onde é que chego só com culinária? E não se vislumbrava nada de novo”, explicou.

Rui Oliveira sente-se desvalorizado pela TVI. “A Coral Europa [produtora do programa] tinha consideração por mim, mas a TVI não. Isso era tão flagrante que nem me convidaram para a gala de aniversário [que decorreu a 19 de fevereiro no Casino Estoril], à qual não iria porque já tinha um jantar combinado, mas gostava que o tivessem feito.”

Sobre as acusações nas Redes Sociais a Cristina Ferreira a quem apontam como a culpada da sua saída garante: “A culpa não é da Cristina. Não tinha qualquer contrato com a TVI, nem sequer ganhava uma fortuna. A minha ligação era à Coral, a quem agradeço muito”.

O apresentador só soube da decisão do marido em direto: “O Manuel Luís não estava à espera da minha decisão. Na nossa relação, um não domina o outro e cada um pensa pela sua cabeça. Se lhe tivesse dito, ele iria demover-me e estava decidido porque senti que o meu papel estava cumprido”, garante o empresário à referida publicação.

Em casa Goucha reagiu: “Ele perguntou-me porque tinha feito aquilo e respondi-lhe que tinha chegado o meu tempo de sair do programa, até porque não sou um chefe de cozinha.”

Rui confirma o sonho da televisão, mas “Nunca me disseram na TVI que me iam dar um programa, mas gostava de poder fazer algo que me acrescentasse, como correr o País para divulgar a nossa gastronomia, as festas e romarias de verão, por exemplo”.

Mas, “Nunca pedi nada a ninguém, nem houve cunhas (…) estive sempre disponível para a TVI, mas ao fim deste tempo todo sentia falta de algo para me motivar.”


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário