AlcocheteAlmadaBarreiroJustiçaMoita

Roubaram carros, botijas de gás e um cão em Alcochete, Moita e Barreiro

publicidade

O Juízo Central Criminal de Almada condenou dois arguidos, um homem e uma mulher, pela prática de 7 crimes de furto, 3 dos quais simples, e o homem foi ainda condenado pela prática de um crime de falsificação agravada.

O Tribunal aplicou ao arguido uma pena de prisão efetiva de 4 anos e 8 meses e à arguida uma pena de prisão de 1 ano e 6 meses, suspensa na sua execução.

Segundo o acórdão a que o Diário do Distrito teve acesso, foi dado como provado que o casal, com antecedentes criminais da mesma tipologia, praticaram os crimes entre setembro e outubro de 2019, nas localidades da Baixa da Banheira, Moita, Alcochete e Barreiro.

Apoderaram-se de uma viatura de terceiros, que se encontrava estacionada, para se poderem deslocar a espaços comerciais de onde retiraram e transportaram botijas de gás expostas no exterior das lojas, assim como se apossaram dum cão que estava no perímetro duma quinta vedada.

Para o efeito, e com o intuito de iludir a vigilância e localização policial, colocaram no veículo furtado chapas de matrícula de uma outra viatura, as quais também foram furtadas pelos arguidos.

Os arguidos foram identificados com base em imagens de videovigilância e por observação direta de um dos ofendidos, que anotou a matrícula falsificada e as características (marca, modelo e cor) do meio de transporte que sempre usaram.

No decurso do julgamento, o arguido, que se encontrava em liberdade condicional à data dos factos, assumiu quase integralmente os factos, enquanto a arguida, interveniente em menos situações delituosas, assumindo a sua parte, desculpabilizou-se com o ascendente do companheiro sobre si.

O Tribunal manteve a situação processual de cada arguido, isto é, reiterou a prisão preventiva do indivíduo do sexo masculino, enquanto a arguida continuará a fazer apresentações periódicas no Órgão de Polícia Criminal.

A Investigação foi liderada pelo DIAP da Moita, coadjuvado pelo DT da GNR do Montijo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui