Lisboa

Restaurante recusou-se a fechar em Lisboa e pode levar multa de 20 mil euros

O proprietário do Restaurante Lapo pode vir a pagar uma multa de 20 mil euros por recusar fechar o estabelecimento durante o Estado de Emergência.

- publicidade -

O proprietário do Restaurante Lapo, no Bairro Alto (Lisboa), pode vir a pagar uma multa de 20 mil euros por recusar fechar o estabelecimento durante o Estado de Emergência decretado a 14 de janeiro.

Num comunicado, a PSP adianta que “o proprietário do estabelecimento de restauração incorre numa coima cujo montante varia entre dois mil e os 20 mil euros.

Na sequência do levantamento do auto por contraordenação ao proprietário do Restaurante LAPO, por incumprimento da suspensão do estabelecimento de restauração determinado pelo Estado de Emergência decretado no passado dia 14 de Janeiro, a PSP notificou, no dia de ontem, aquele responsável”, pode ler-se.

O proprietário pode “exercer o seu direito de defesa ou optar pelo pagamento voluntário da coima”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui