coronavírusNacional

Resgatador de animais não resiste à Covid-19

publicidade

Tinha 38 anos e era conhecido por Zé Pedro, o resgatador de animais, o homem não resistiu ao vírus da Covid-19 e faleceu. A notícia foi avançada pelo grupo Denúncia Animal Portugal que dá conta que o amigo não conseguiu superar o vírus.

Imagem de Ilka Lünstäden por Pixabay

Zé Pedro era membro da DAP e nada o demovia na hora de salvar quem mais precisava e era indefeso, “saía da cama às 4 da manhã para ir em busca de um animal em sofrimento”.

A mensagem deixada pela DAP já conta com várias partilhas e centenas de comentários de apoio aos familiares, amigos e até de todos aqueles que mais precisavam de Zé Pedro.

Comunicado

“É com grande tristeza que vimos informar que perdemos mis um grande membro deste grupo 

Um homem com H grande, uma pessoa íntegra, prestável alguém que estava sempre disponível para salvar algum animal em sofrimento. Mais um na sombra que ninguém conhecia, mas nós sim. Alguém que, se fosse preciso, passava uma noite em branco para dar de mamar a uma ninhada de cães ou gatos. Alguém que saía da cama às 4 da manhã para ir buscar um cão em sofrimento.

Alguém… Alguém tão, mas tão especial.

Alguém que nunca estava doente, mas que o Covid apanhou. Alguém que lutou contra, sempre com um sorriso nos lábios, que nem nos apercebemos da gravidade… Nem ele :_(

Não nos despedimos e isso está a consumir-nos por dentro e por fora.

Zé Pedro, com apenas 38 anos deixaste uma menina de apenas 6 anos e uma super-mulher.

Estejas onde estiveres Zé, vamos estar aqui para as duas e não vão ficar desamparadas pois sabemos o quanto as amavas. És um de nós e os nossos, serão-no para sempre! Para a eternidade, até voltarmos a estar juntos novamente.

Dá um beijo a todos os miúdos 4 patas que perdemos até hoje e que nos esperam na linha do horizonte.

E despedimo-nos de ti como sempre fazíamos.

We will meet again Zé Pedro. :_(

PS – Usem as máscaras, desinfetem as mãos, mantenham o distanciamento obrigatório e protejam-se dentro do possível.

Não acontece só aos outros e o Zé tinha apenas 38 anos, atleta e saudável. Protejam-se e protejam os outros, por favor”

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui