AtualidadeCrime

Renato Seabra voltou a ter episódios comportamentais como os que ditaram a morte de Carlos Castro

- publicidade -

Renato Seabra continua na prisão de alta segurança e apesar de ajudar na missa e trabalhar durante a semana na fábrica de roupa do presídio, voltou a ter episódios comportamentais semelhantes aos que ditaram a morte de Carlos Castro.

A CMTV, através de fonte da família, garante que Renato Seabra voltou a ter os episódios e teve mesmo de ser hospitalizado durante duas semanas.

Retomado à prisão, ajuda  todos os domingos na Missa e trabalha, de segunda a sábado, durante 7 horas por dia na fábrica de roupa da cadeia, a confecionar as camisas, calças e fardas para o departamento correcional de Nova Iorque. 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui