AlmadaJustiçaSeixal

Reincidente por violência doméstica em Almada fica sujeito à medida de proibição de contactos

- publicidade -

Elementos do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Almada, detiveram ontem, 2 de fevereiro, um homem de 46 anos por violência doméstica, na localidade do Monte da Caparica.

Na sequência de uma investigação, os militares apuraram que o agressor, que já esteve preso por roubo, durante 18 meses, no estabelecimento prisional de Setúbal, manteve desde julho de 2020 uma atitude muito controladora com a sua companheira de 45 anos.

O agressor sujeitava a vítima a agressões e ameaças, condicionando-a a viver num clima de constante terror e a temer pela sua vida.

No decorrer das diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção e de busca domiciliária.

O detido foi presente ontem, dia 2 de fevereiro, ao Tribunal Judicial do Seixal, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de contacto e afastamento para com a vítima, na residência e no local de trabalho.

A ação contou com o apoio da Polícia de Segurança Pública.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui