AtualidadeSeixal

Refood Corroios lança Campanha ‘Toneladas de Ajuda’ e pede papel e cartão

- publicidade -

A Refood Corroios vai lançar a Campanha ‘Toneladas de Ajuda’, um projeto no âmbito da responsabilidade social, que consiste em valorizar todos os resíduos recicláveis que podem ser entregues na Amarsul, nomeadamente embalagens de plástico/metal, papel e cartão e embalagens de vidro.

Nesta altura, a Refood Corroios vai iniciar o projeto apenas com a entrega de papel e cartão. «Com a continuidade e o tempo, teremos oportunidade de perceber a nossa eventual capacidade ou não de avançar para os restantes tipos de resíduos» referem os responsáveis.

«A entrega destes materiais terá um retorno monetário para a nossa instituição, que não beneficia de qualquer subsídio estatal e cada núcleo tem de encontrar formas de auto sustentabilidade económica, para garantir o pagamento de despesas como água, luz, combustível, material de desgaste rápido, manutenção da carrinha, entre muitos outros.»

Para participar nesta campanha basta guardar «todo o papel e cartão que tenham e que nos façam chegar os mesmos, e para isso irá ser colocado no nosso Centro de Operações uma caixa própria para esse fim e haverão voluntários que se irão encarregar desse assunto.»

No momento da pesagem, o material será pesado e o doador ficará com um talão comprovativo e cada instituição inscrita nesta Campanha tem uma ‘conta corrente’ associada, de forma a verificar os pesos dos recicláveis entregues.

Além dos materiais que sejam entregues pela entidade, a Amarsul também aceita entregas realizadas diretamente no local, por qualquer pessoa a título particular, empresa, associação. em nome da Refood Corroios e o valor será entregue à entidade, a cada tonelada completada, por cada tipo de resíduo.

Local de Entrega: Ecoparque do Seixal – Praça 1º de Maio, Seixal ( Junto à Santa Casa da Misericórdia do Seixal).


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui