Parceiros
Política

Recrutar novos militantes e formar mil quadros são objectivos do PCP até 2024

O PCP pretende formar 1.000 quadros até ao final de 2024 e recrutar mais militantes como estratégia de reenquadramento do partido face à realidade do país, conforme o projeto de resolução da Conferência Nacional, publicado na edição desta quinta-feira do jornal ‘Avante!’.

Nesta resolução, o Partido Comunista indica que irá reforçar a sua estrutura com novos quadros, com destaque para operários e outros trabalhadores, jovens e mulheres, por tarefas regulares e organizações do partido.


É objectivo do PCP «colocar nas mãos de mais militantes a responsabilidade e o papel de protagonistas e construtores, para o aperfeiçoamento do estilo de trabalho e a uma mais ampla ação do Partido».

Outro aspecto que os comunistas destacam passa pelo recrutamento de mais militantes, num esforço para reestruturar o PCP «e contrariar a ofensiva antidemocrática, com forte pendor anticomunista», com que justificam o declínio eleitoral do Partido nos últimos anos.

Nas 16 páginas que compõem o projeto de resolução da conferência, o PCP enaltece também «a importância de dinamizar os jornais de propaganda do partido, o ‘Avante!’ e ‘O Militante’, e a necessidade de assegurar a independência financeira.

A Conferência Nacional do PCP vai realizar-se entre 12 e 13 de novembro no Pavilhão do Alto do Moinho, em Corroios, Seixal.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.