AtualidadeMoita

Receio sobre segurança leva a protesto na Escola Secundária da Baixa da Banheira

Pais não querem reabertura de aulas na Escola Secundária da Baixa da Banheira

publicidade

Um grupo de encarregadas de educação concentrou-se na manhã de segunda-feira junto à portaria da Escola Secundária da Baixa da Banheira, na Avenida José Almada Negreiros, protestando contra a abertura das aulas presenciais.

Esta segunda-feira a escola fez a recepção aos encarregados de educação, mas um grupo de pessoas quis demonstrar o seu descontentamento por não ter informação nem garantias sobre as medidas de segurança a que os alunos estarão sujeitos.

Num vídeo partilhado por um dos encarregados de educação, o director da escola é questionado sobre as medidas de segurança que as crianças vão ter na escola, nomeadamente se está garantida a distância de segurança entre os alunos nas salas de aula.

Os manifestantes pretendem que a escola continue a garantir as aulas online, e reclamam pelo facto de não terem indicação sobre as normas que vão ser implementadas.

Durante o manifesto, o director José Lourenço explicou as medidas da DGS para todas as escolas, mas não conseguiu convencer os manifestantes.

O Diário do Distrito contactou ontem a escola para obter uma declaração, mas até ao momento não obteve resposta.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui