AtualidadeTV e Cinema

Reabertura das lojas de roupa tem novas regras

A peça da moda de 2020/2021 é mesmo a máscara de proteção facial contra a Covid-19. A reabertura das lojas de roupa está a ser feita de uma forma gradual, mas com algumas regras restritivas. O espaço comercial com 400 metros quadrados foi realizado no passado dia 18 de maio, antes da reabertura das grandes superfícies comerciais, que iniciaram a sua atividade no passado dia 1 de junho.

Mas nem tudo são boas notícias, as lojas de roupa reabriram, mas com regras apertadas para lojistas e clientes.

A entrada nas lojas é controlada, estando destinada em algumas lojas até 4 pessoas na loja e antes terá que desinfetar as mãos e usar a máscara, aquela da nova tendência 2020/2021.

As lojas agora terão muito mais sinalética, mobiliário com nova disposição, mais desimpedidas e distanciamento entre todos os clientes, já os balções passaram a ter barreiras de acrílico.

Provadores fechados e trocas higienizadas

A marca H&M adianta que nas suas lojas os provedores estão temporariamente encerrados e que haverá uma quarentena de 48 horas para todas as devoluções.

Já o grupo da Zara, Massimo Dutti e Berskha, fizeram saber que os seus provadores vão estar disponíveis, mas sob vigilância, em cada uso, o compartimento será higienizado, já as roupas de prova são deixadas pelos clientes num cesto para o efeito.

A cadeia Mango irá seguir o mesmo molde que as anteriores, já no que toca às peças as mesmas serão desinfetadas a altas temperaturas.

A Primark foi uma das cadeias com mais clientes no passado dia 1 de junho, fonte oficial adianta que todos os conselhos de segurança estão a ser cumpridos à regra.

Lingerie e fatos de banho

Os fatos de banho Latitid de marca portuguesa permite um só cliente na loja do Porto e três na loja de Lisboa. Já no campo das provas, houve alterações, e uma dessas alterações é que cada cliente pode levar o fato de banho para casa e, se não gostar, poderá devolver após 48 horas, já as peças vão ficar em quarentena de dois dias.

O grupo Calzedonia e Intimissimi revela que está a cumprir o ‘Guia de Boas Práticas’, os provadores são condicionados e a garantia do distanciamento físico está garantido e é de mínimo de dois metros entre pessoas.

Relógios, óculos de sol e bijuteria interditos de prova

De fora das provas estão três artigos, os relógios, óculos de sol e bijuteria, interdição que passa por uma primeira fase, sendo ela por questão preventiva.

[themoneytizer id=”61056-28″]

 



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.