AtualidadeCrimePaís
Em Destaque

Equipa de jornalistas da TVI ameaçada de morte

Equipa da TVI só foi autorizada a recolher imagens do local por 10 minutos

- publicidade -

Uma equipa especial da TVI enviada a França para investigar o macabro homicídio de Diana Santos, recebeu ameaças de morte. A Portuguesa, de quarenta anos e natural de Vila do Conde, foi encontrada morta no passado dia 19 de Setembro na comuna Francesa de Mont- Saint-Marin, junto a um edifício abandonado e perto da fronteira com Luxemburgo, o que levou a que uma equipa de repórteres se deslocasse ao local para recolher mais informações.

Numa reportagem especial emitida no passado dia 6 de Outubro no “Jornal da Uma”, foram ainda revelados novos detalhes sobre o caso, e durante a sua gravação junto ao local onde terá sido encontrado o corpo, a repórter Ana Botto relatava que este é um bairro problemático e que a equipa terá sido ameaçada de morte caso não abandonasse o local. “Uma zona de consumo e tráfico de droga. O chefe da zona ameaçou-nos de morte e deu-nos apenas dez minutos para recolhermos imagens.” Pode ver aqui a reportagem na íntegra.

Durante a reportagem foram ainda revelados novos detalhes sobre o misterioso homicídio. Diana, que vivia em Luxemburgo, casou com Gibran Banhakeia, por interesses. O cidadão Marroquino pretendia obter documentos que lhe permitissem maior circulação no continente Europeu. Através de um pequeno vídeo passado na reportagem da TVI é ainda possível verificar que Diana estava a fazer pequenas remodelações na casa alugada pelo falso casal, gravado uma semana antes do homicídio (11 de Setembro). Depois do crime, não há qualquer registo que Gibran Banhakeia tenha voltado à residência que tinha arrendado com Diana a 21 de Julho, informações avançadas pela senhoria da casa, que não aceitou ser gravada por medo, avança a TVI.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *