Rubrica

Quero uma Família só minha, não um dia de Pijama!

- publicidade -

Hoje a professora pediu para escrevermos um texto sobre a nossa família. Já não bastava o dia da mãe, o dia do pai e o dia dos avós, agora também há o dia da família…

Estou farto que me peçam para fazer prendas para pessoas que não existem e textos sobre uma coisa que não tenho e não conheço. Odeio estes dias!!

Tenho 10 anos, vivo numa instituição desde os 3 anos. Não me lembro de ninguém, mas tenho marcas no meu corpo que me ajudam a reconstruir a minha história…No meu braço direito a queimadura de um cigarro, parece que a minha “mãe” fumava enquanto me tinha no colo e queimou-me…Na cabeça vários pontos, também me parece que não tomavam bem conta de mim e que me magoei várias vezes, com gravidade…

Na alma, carrego a rejeição e o abandono…Não me quiseram, mas também não me deixaram ter uma família… E só quando eu tinha 8 anos é que o Estado desistiu de tentar reabilitar os meus “pais”. Durante 5 anos tiveram muitas, demasiadas, oportunidades de me ter de volta; cumpriam algumas coisas, prometiam que iam mudar, que iam criar condições para me ter. Mas nada, ou quase nada, mudou…

Agora já posso ser adoptado e ter uma família só minha. Finalmente aprender sobre amor e cuidado…adormecer descansado sem medo…

Mas tenho medo que ninguém me queira, ouvi dizerem que “sou demasiado crescido”, que posso ter muitas traumas e um dia vou querer procurar a “minha família verdadeira” …

Aprendi, da pior maneira, que o amor não vem no sangue…Isso é uma treta, como dizem os meus colegas.

Sim, tenho sofrido muito, por vezes revolto-me, outras isolo-me e nem na escola tenho vontade de estar com os meus amigos. Tenho vergonha de não ter uma família, uma casa só nossa, brinquedos só meus. Às vezes penso que é culpa minha, devo ser demasiado feio, velho, burro, ou mal comportado…

Sei que não vou ser um filho perfeito, parece que ninguém é, mas vou amar-vos incondicionalmente!

O meu sonho? Ter uma família! Sentir-me amado, protegido, cuidado e respeitado. Adormecer sem medo de acordar…sem um colo que me envolva.

Quero uma Família!!!

- publicidade -

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo