JustiçaMoita

Queixa de violência doméstica leva à apreensão de plantação de canábis na Moita

A GNR apreendeu uma "uma plantação de canábis na localidade de Alhos Vedros, no concelho da Moita".

- publicidade -

O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial da Moita, no dia 20 de novembro, informou que foi apreendida “uma plantação de canábis na localidade de Alhos Vedros, no concelho da Moita”.

Em comunicado, a GNR explica que “na sequência de uma denúncia de maus-tratos a um idoso de 75 anos pelo seu filho de 30, os militares deslocaram-se à habitação onde identificaram um forte odor a estupefaciente“.

Após busca domiciliária, destaca-se a apreensão do seguinte material:

  • “Seis plantas de canábis;
  • 825 gramas de folhas e sumidades de canábis;
  • Sementes de canábis;
  • Uma balança de precisão;
  • Duas estufas com ventoinhas, extratores e respetivas tubagens, lâmpadas de aquecimento, termómetros/higrómetros, extensões, temporizadores e um transformador”.

A GNR acrescenta que o idoso “será provisoriamente alojado numa casa de abrigo. A ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Montijo”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui