SesimbraSintra

Quatro acusados pelo homicídio do rapper Mota Jr.

O Ministério Público de Sintra acusou quatro pessoas pelo homicídio do rapper Mota Jr.

- publicidade -

O Ministério Público de Sintra acusou quatro pessoas pelo homicídio do rapper Mota Jr. Segundo o despacho do Departamento de Investigação e Acção Penal de Sintra, os suspeitos agrediram violentamente o rapper até à morte, como objetivo de lhe roubarem objetos de ouro, avançou a Sábado.

A acusação que aquela publicação teve acesso defende que os três principais suspeitos, Edi Barreiros, João Luizo e Fábio Martins, se mantenham em prisão preventiva, enquanto Catarina Sanches fique em domiciliária.

Depois de ser raptado em Sintra, no dia 15 de março, foi colocado e amarrado na bagageira de uma viatura. O cadáver de David Mota Jr. foi encontrado em Sesimbra no mês de maio.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui